Arquivos do Blog

Protegendo VMs com Azure Backup

Galera esse Blog está sendo Migrado para o http://www.micheljatoba.com.br não estou mais postando neste blog acesso o novo.

Olá Pessoal!!!

Hoje vou demostrar a vocês como fazer o backup de Máquinas Virtuais no Microsoft Azure utilizando o Azure Backup. O azure backup visa a redução de custos dos Storage em sua empresa.

O Backup e compatível com Windows e Linux, os pontos de restauração ficaram disponíveis para facilitar a restauração.

Criação do Cofre

No Portal de Gerenciamento Azure, clique em Serviços de recuperação> Cofre de Backup> Criação Rápida. Em Nome, digite um nome para identificar o seu cofre e na Região arquivado selecione a região  para o cofre. Clique em Criar Cofre.

Observação: Lembrando que o Cofre precisa ser na mesma região que as máquinas virtuais que você deseja proteger. Se você tiver máquinas virtuais em diferentes regiões vai ter que criar um Cofre para cada um.

1

Pronto o Cofre foi criado com sucesso.

2

Registrando Máquinas Virtuais

Agora com o Cofre criado vamos escolher as máquinas virtuais que vamos adicionar no backup, clique em no Cofre.

3

Clique nos Itens Registrados e na barra de ação, clique em Descobrir

4

Em seguida clique em Registrar

5

Agora vamos escolher as máquinas que iremos fazer backup, nesse processo de registro e implantação e extensão dos serviços de recuperação na máquina virtual e permite backup

6

Em seguida clique em OK

7

Protegendo Máquina Virtual

Na guia Itens registrados selecione a máquina virtual e clique em Proteger na barra de ação na parte inferior para abrir o assistente Itens Protegidos.

9

Na página Selecionar Itens Protegidos escolha as máquinas que deseja ativar a proteção. Clique em Avançar.

10

Agora vamos cria uma Política para os backups;

  1. Criar Novo = Criando uma nova Politica.
  2. Nome para a Política = O nome para cada politica criada.
  3. Frequência dos Backups = Os dias e horarios que o backup vai ser executado.
  4. Período de Retenção = Dia ou Semanas de retenção do Backup.
  5. Finish;

11

Depois de proteção está configurada a máquina virtual aparece na guia Itens protegido. Ele será exibido com o status de protegido (pendente de backup inicial) até a conclusão do backup inicial e, em seguida, com um status de proteção.

Agora vamos em Itens Protegidos e seguida clique em Fazer Backup Agora.

12

Em Trabalhos e possível acompanhar o Backup da Máquina Virtual.

13

Pronto as máquinas virtuais no Microsoft Azure estão protegidas e seguras.

Obrigado e até o próximo Post.

Anúncios

Instalando RDP para CentOs 7 no Microsoft Azure

Galera esse Blog está sendo Migrado para o http://www.micheljatoba.com.br não estou mais postando neste blog acesso o novo.

Olá Pessoal!!!

Hoje vou demostrar a vocês como instalar o RDP em Servidores Linux, isso ajuda muito os administradores que necessitam de acesso via RDP e Interface Gráfica em servidores Linux no Azure.

Após criar o Servidor Linux no Windows Azure, vamos conectar utilizando o Putty com o DNS Name Público do servidor.

1

2

Em seguida clique em Yes, como é a primeira vez que você conecta no Putty armazenar o cache. Em seguida logue com o usuário.

3

Execute o comando para atualizar o CentOs.

yum update

6

Execute o comando sudo su e coloque a senha para utilizar o usuário Root

Vamos a instalação da Interface Gráfica no CentOs 7, a interface do CentOs se chama GNOME Desktop. Vamos a instalação dos pacotes

yum -y groupinstall “Desktop” “Desktop Platform” “X Window System” “Fonts”

25

Agora vamos instalar os pacotes adicionais

yum -y groupinstall “Graphical Administration Tools”

26

yum -y groupinstall “Internet Browser”

27

yum -y groupinstall “General Purpose Desktop”

28

A instalação do Office Suite é opcional

yum -y groupinstall “Office Suite and Productivity”

29

yum -y groupinstall “Graphics Creation Tools”

30

Vamos instalar também do K Desktop Environment (KDE).

yum -y groupinstall kde-desktop

31

Pronto, depois de instalar os pacotes de um Reboot.

32

Agora vamos criar uma pasta chamada EPEL, para a instalação do Repositório.

mkdir EPEL

cd EPEL

4

Em seguida faça o download do Repositório

wget http://dl.fedoraproject.org/pub/epel/7/x86_64/e/epel-release-7-5.noarch.rpm

5

wget http://li.nux.ro/download/nux/dextop/el7/x86_64/nux-dextop-release-0-5.el7.nux.noarch.rpm

6

rpm -ivh epel-release-7-5.noarch.rpm

7

rpm -ivh nux-dextop-release-0-5.el7.nux.noarch.rpm

8

Agora vamos instalar o Xrdp, execute o seguinte comando

yum install -y xrdp tigervnc-server

9

Agora vamos acessar a pasta xrdp

cd /etc/xrdp

10

Agora vamos fazer o download dos arquivos necessários para o funcionamento do Xrdp, execute o seguinte comando

wget http://www.mail-archive.com/xrdp-devel@lists.sourceforge.net/msg00263/km-e0010411.ini

Agora vamos copiar os seguintes arquivos, execute os seguinte comandos

cp km-e0010411.ini km-0411.ini

cp km-e0010411.ini km-e0200411.ini

cp km-e0010411.ini km-e0210411.ini

12

Vamos iniciar o serviço do Xrdp

systemctl start xrdp.service

13

Agora vamos habilitar o serviço do Xrdp

systemctl enable xrdp.service

14

Vamos hablitar e verificar o Firewall,execute o seguinte comando

systemctl enable firewalld
systemctl start firewalld
systemctl status firewalld

16

Agora vamos adicionar as seguintes informações no firewall

firewall-cmd –permanent –zone=public –add-port=3389/tcp

firewall-cmd –reload

17

Após esse processo reinicie o servidor com o seguinte comando Reboot.

32

Pronto, agora vamos criar o EndPoint no portal do Windows Azure com a porta 3389.

Vá até Pontos de Extremidade e clique em Adicionar

18

Selecione a opção ADCIONAR UM PONTO DE EXTREMIDADE AUTÔNOMO e clique em Next

19

Agora vamos selecionar a opção Remote Desktop e verifique as portas 3389, depois clique em Finish

20

Pronto o RDP com a porta 3389 foi criado no Microsoft Azure.

21

Agora vamos acessar o servidor via RDP, vá ate o Painel em seguida clique em Conectar

22

Abra o Remote Desktop e clique em Connect em seguida em Yes

23

Coloque o usuário e senha para logar no servidor

24

Pronto seu servidor de CentOs 7 está com acesso via RDP.

33

Obrigado Galera até o Próximo.

Colocando IP Fixo em VMs no Microsoft Azure via Poweshell

Olá Pessoal!!!

Hoje vou demonstrar a vocês como setar um IP fixo em sua máquina virtual no Microsoft Azure, comecei a utilizar IP fixo logo após um episodio de três máquina que estavam desligada e eram utilizadas esporadicamente. Essa máquinas estavam configuradas com um Cluster do SQL 2014 com AlwaysOn. O problema começou quando liguei as máquinas e elas estavam alternando os ips entre elas, isso acabou dando problema no meu AlwaysOn.

Acho interessante nesse cenário de AlwaysOn aplicar o IP fixo pois consigo configurar o Listener nas máquinas alocadas no Microsft Azure.

Bom vamos lá

Primeiro vamos verificar os dados do Servidor como ServiceName e Name

Abra o Powershell como administrador e digite o seguinte comando

Get-AzureVM

Esse comando vai listar todas as VMs que você tem em seu ambiente Azure, em seguida escolha a VM que vai utilizar Ip fixo

200

 

Agora vamos verificar a disponibilidade de IP para atribuir na VM

Digite o seguinte comando

Test-AzureStaticVNetIP –VNetName (<Nome da sua rede ou VPN>) –IPAddress (<Coloque o numero de IP que deseja verificar 10.0.1.40>)

O comando vai fica assim

Test-AzureStaticVNetIP -VNetName minha-rede -IPAddress 10.0.1.40

Ele vai verificar se o IP está disponivel ou não em sua rede dentro do Microsoft Azure

201

 

 

Vou pegar um máquina que já está criada com um IP que o Microsoft Azure atribui a ela, ela está com o IP 10.0.1.5

203

 

Agora vamos executar o comando para fazer o Update do IP no servidor escolhido

Get-AzureVM -ServiceName (<Nome do Servidor>) -Name (<Nome do Servidor>) | Set-AzureStaticVNetIP -IPAddress (<Numero do IP que sera atribuido 10.0.1.41>) | Update-AzureVM

O comando vai ficar assim

Get-AzureVM -ServiceName nomedamaquina -Name nomedamaquina | Set-AzureStaticVNetIP -IPAddress 10.0.1.41 | Update-AzureVM

204

Agora vamos verificar no Painel do Microsoft Azure a alteração do IP

205

 

 

 

Logue no Servidor e de um ipconfig 

206

 

Agora o Servidor está com IP fixo.

Dica: Caso queira remover o IP fixo do Servidor e deixar que o Microsoft Azure atribua um IP a ela basta realiza este comando

$Get-AzureVM -ServiceName nomedamaquina -Name nomedamaquina | Remove-AzureStaticVNetIP | Update-AzureVM

 

No Próximo post vou demostrar para vocês como fazer reserva de IP no Microsoft Azure.

Obrigado Galera e até a próxima.

Fazendo Restore do VHD no Microsoft Azure

Olá Pessoal!!!

Hoje vou demostrar a vocês como fazer o Restore do VHD no Microsoft Azure, no ultimo post ensinei a vocês a fazer o Backup do VHD.

Abre o Windows Azure PowerShell

Get-AzureVM para listar todos os Servidores.

Agora vou detalhar como fazer o Script de Restore.

Script de Restore

$exportFolder = “C:\ExportVMs” = Seta a variável “$exportFolder” para o caminho “C:\ExportVMs

if (!(Test-Path -Path $exportFolder)) {New-Item -Path $exportFolder -ItemType Directory} = Cria a pasta conforme o caminho setado na variável “$exportFolder

$exportPath = $exportFolder + “\” + $vm.Name + “.xml” = Seta a variável para criar o arquivo XML

$vm | Export-AzureVM -Path $exportPath = Comando que gera o Arquivo XML e salva no local setado na variável “$exportFolder

Remove-AzureVM -ServiceName $vm.ServiceName -Name $vm.Name = Deleta a VM  conforme variável “$vm

 $vmOSDiskName = $vmOSDisk.DiskName = Seta a variável do nome do disco, baseado na variável “$vmOSDisk

$vmOSDiskuris = $vmOSDisk.MediaLink = Seta a variável baseado na variável “$vmOSDisk

$StorageAccountName = $vmOSDiskuris.Host.Split(‘.’)[0] = Define o nome do storage

 $vmOSBlobName = $vmOSDiskuris.Segments[-1] = Define o nome do blob

$vmOSOrigContainerName = $vmOSDiskuris.Segments[-2].Split(‘/’)[0] = Define o nome do contêiner de origem

$backupContainerName = “backups” = Define o local do contêiner de backup

Start-AzureStorageBlobCopy -SrcContainer $backupContainerName -SrcBlob $vmOSBlobName -DestContainer $vmOSOrigContainerName –Force = Efetua a cópia do VHD da pasta “BACKUPS” para a pasta “vhds” dentro do contêiner

Get-AzureStorageBlobCopyState -Container $vmOSOrigContainerName -Blob $vmOSBlobName –WaitForComplete = Verifica o status da copia.

Pronto! Esse tipo de Backup já me ajudou no dia a dia no Microsft Azure, tanto para Servidores Windows como Linux.

Dica = Tem algumas Ferramentas de “Explorer” para Microsoft Azure, eu utilizo o “Azure Storage Explorer” e está disponível no http://azurestorageexplorer.codeplex.com/ . Com essa ferramenta é possível conectar em todos os contêiner no Microsoft Azure facilitando a administração.

Obrigado pessoal até o próximo Post.