Arquivos do Blog

Protegendo VMs com Azure Backup

Galera esse Blog está sendo Migrado para o http://www.micheljatoba.com.br não estou mais postando neste blog acesso o novo.

Olá Pessoal!!!

Hoje vou demostrar a vocês como fazer o backup de Máquinas Virtuais no Microsoft Azure utilizando o Azure Backup. O azure backup visa a redução de custos dos Storage em sua empresa.

O Backup e compatível com Windows e Linux, os pontos de restauração ficaram disponíveis para facilitar a restauração.

Criação do Cofre

No Portal de Gerenciamento Azure, clique em Serviços de recuperação> Cofre de Backup> Criação Rápida. Em Nome, digite um nome para identificar o seu cofre e na Região arquivado selecione a região  para o cofre. Clique em Criar Cofre.

Observação: Lembrando que o Cofre precisa ser na mesma região que as máquinas virtuais que você deseja proteger. Se você tiver máquinas virtuais em diferentes regiões vai ter que criar um Cofre para cada um.

1

Pronto o Cofre foi criado com sucesso.

2

Registrando Máquinas Virtuais

Agora com o Cofre criado vamos escolher as máquinas virtuais que vamos adicionar no backup, clique em no Cofre.

3

Clique nos Itens Registrados e na barra de ação, clique em Descobrir

4

Em seguida clique em Registrar

5

Agora vamos escolher as máquinas que iremos fazer backup, nesse processo de registro e implantação e extensão dos serviços de recuperação na máquina virtual e permite backup

6

Em seguida clique em OK

7

Protegendo Máquina Virtual

Na guia Itens registrados selecione a máquina virtual e clique em Proteger na barra de ação na parte inferior para abrir o assistente Itens Protegidos.

9

Na página Selecionar Itens Protegidos escolha as máquinas que deseja ativar a proteção. Clique em Avançar.

10

Agora vamos cria uma Política para os backups;

  1. Criar Novo = Criando uma nova Politica.
  2. Nome para a Política = O nome para cada politica criada.
  3. Frequência dos Backups = Os dias e horarios que o backup vai ser executado.
  4. Período de Retenção = Dia ou Semanas de retenção do Backup.
  5. Finish;

11

Depois de proteção está configurada a máquina virtual aparece na guia Itens protegido. Ele será exibido com o status de protegido (pendente de backup inicial) até a conclusão do backup inicial e, em seguida, com um status de proteção.

Agora vamos em Itens Protegidos e seguida clique em Fazer Backup Agora.

12

Em Trabalhos e possível acompanhar o Backup da Máquina Virtual.

13

Pronto as máquinas virtuais no Microsoft Azure estão protegidas e seguras.

Obrigado e até o próximo Post.

Fazendo Backup do VHD no Microsoft Azure

Olá Pessoal!!!

Hoje vou demostrar a vocês como fazer o Backup do VHD no Microsoft Azure, lembrando que esse backup não é recomendado para ambiente de produção. Ele desliga o Servidor e provisiona ele temporariamente para efetuar a copiar do VHD.

Primeiro tem que configurar sua conta de e-mail no Powershell, segue o link com o passo a passo da configuração do Azure Powershell.

http://azure.microsoft.com/en-us/documentation/articles/install-configure-powershell/?fb=pt-br

Após a instalação do Azure Powershell execute o seguinte comando

Esse comando irá listar todos os Servidores e Serviços

Get-AzureVM

Agora vou explicar como funciona o Script passo a passo

MAQUINA DE TESTE = SRV-01 / Nome do Servidor

Get-AzureVM = Esse comando mostra todas as VMs e Serviços da conta do Azure.

$vm = Get-AzureVM -ServiceName SRV-01 -Name SRV-01 = Seta a variável “$vm” para a máquina SRV-01

$vm | Stop-AzureVM -StayProvisioned = Para a VM mas a mantem provisionada

Get-AzureOSDisk = Mostra o disco do OS da VM selecionada

$vmOSDisk = $vm | Get-AzureOSDisk  = Seto a variável “$vmOSDisk” para pegar o Disco o disco do OS da variável “$vm

Get-AzureDataDisk = Mostra todos os discos da VM selecionada

$vmDataDisks = $vm | Get-AzureDataDisk = Seta a variável “$vmDataDisks” para pegar todos os discos da varíavel “$vm

$StorageAccountName = $vmOSDisk.MediaLink.Host.Split(‘.’)[0] = Seto a variável “$StorageAccountName”  para achar o nome do meu Storage Container

Get-AzureSubscription | Set-AzureSubscription -CurrentStorageAccount $StorageAccountName = Defino que o storage container da minha conta vai ser o mesmo onde estava minha máquina

$backupContainerName = “backups” = Seto que a variável “$backupContainerName” vai se chamar “backups”

if (!(Get-AzureStorageContainer -Name $backupContainerName -ErrorAction SilentlyContinue)) {New-AzureStorageContainer -Name $backupContainerName -Permission Off} = Crio um storage container com o nome definido na variável “$backupContainerName

$vmOSBlobName = $vmOSDisk.MediaLink.Segments[-1] = Seto a variável “$vmOSBlobName” para pegar o Blob Name da variável “$vmOSDisk

$vmOSContainerName = $vmOSDisk.MediaLink.Segments[-2].Split(‘/’)[0] = Seta a variável “$vmOSContainerName” Para pegar o container onde está o VHD da variável “$vmOSDisk

Start-AzureStorageBlobCopy -SrcContainer $vmOSContainerName -SrcBlob $vmOSBlobName -DestContainer $backupContainerName = Comando que executa a cópia dos aquivos VHD.

Ele vai ficar assim

1 -$vm = Get-AzureVM -ServiceName SRV-01 -Name SRV-01

2 – $vm | Stop-AzureVM -StayProvisioned

3 – $vmOSDisk = $vm | Get-AzureOSDisk

4 – $vmDataDisks = $vm | Get-AzureDataDisk

5 – $StorageAccountName = $vmOSDisk.MediaLink.Host.Split(‘.’)[0]

6 – Get-AzureSubscription | Set-AzureSubscription -CurrentStorageAccount $StorageAccountName

7 – $backupContainerName = “backups”

8 – if (!(Get-AzureStorageContainer -Name $backupContainerName -ErrorAction SilentlyContinue)) {New-AzureStorageContainer -Name $backupContainerName -Permission Off}

9 – $vmOSBlobName = $vmOSDisk.MediaLink.Segments[-1]

10 – $vmOSContainerName = $vmOSDisk.MediaLink.Segments[-2].Split(‘/’)[0]

11-Start-AzureStorageBlobCopy -SrcContainer $vmOSContainerName -SrcBlob $vmOSBlobName -DestContainer $backupContainerName -Force

12 – Get-AzureStorageBlobCopyState -Container $backupContainerName -Blob $vmOSBlobName -WaitForComplete

13 – $vm | Start-AzureVM

Normalmente esse Script demora alguns minutos para ser executado em média de uns 5 a 10 minutos.Caso queria configurar para deixar ele automatizado pode utilizar o serviço de Task do Windows.

Dica = Caso tenha bastante Servidores, utiliza o Windows PowerShell ISE nele você consegue criar e salvar  Script com a extensão “.ps1” ficando mais fácil de deixar o Task do Windows executando ele diariamente.

No próximo post vou demostrar a vocês como efetuar o Restore do VHD.

Obrigado e até mais.